Aeroporto de Salvador bate meta de satisfação, mostra pesquisa.

O Aeroporto Internacional de Salvador (Luís Eduardo Magalhães) atingiu a nota 4,27 no indicador de satisfação (Foto: Reprodução)

O Aeroporto Internacional de Salvador (Luís Eduardo Magalhães) atingiu a nota 4,27 no indicador de satisfação do passageiro, portanto, acima da meta estabelecida pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero), que é nota 4. É o que mostra o resultado do 2º trimestre da Pesquisa de Satisfação do Passageiro realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Nos indicadores cordialidade dos funcionários da imigração (4,54) e emigração (4,42), disponibilidade de transporte público para o aeroporto (4,35), tempo de fila no balcão no check-in (4,51), tempo de fila na imigração (4,57), o aeroporto ficou em primeiro lugar na categoria 5 a 15 milhões de passageiros transportados – à frente dos aeroportos de Recife e Fortaleza, que também estão dentro dessa categoria.

Por outro lado, o aeroporto ficou atrás de Recife e Fortaleza nos indicadores de percepção de disponibilidade de tomadas (3,34), limpeza geral do aeroporto (4,26) e custo-benefício de lanchonetes e restaurantes (2,70).
<h2><em><strong>Pesquisa</strong></em></h2>
O relatório completo do 2º trimestre mostrou que 76% dos 38 indicadores de percepção avaliados pelos passageiros nos 20 aeroportos registraram notas médias acima de 4, cumprindo a meta estabelecida pela Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias).

Os 20 terminais envolvidos na pesquisa estão divididos em três categorias. Até 5 milhões de passageiros transportados por ano: são: Belém; Cuiabá; Florianópolis; Goiânia; Maceió; Manaus; Natal e Vitória; De 5 a 15 milhões de passageiros por ano: Viracopos; Confins; Curitiba; Fortaleza; Porto Alegre; Recife; Salvador; e Santos Dumont. E acima de 15 milhões de passageiros transportados por ano: Congonhas; Guarulhos; Galeão; e Brasília.

Esses aeroportos são responsáveis pelo transporte de 87% dos passageiros no Brasil. Entre abril e junho, 89% dos entrevistados avaliaram esses terminais como “bons” ou “muito bons”. Ao todo, foram ouvidas 20.525 pessoas nesse trimestre. Os viajantes são ouvidos diariamente por pesquisadores da Praxian – Business &amp; Marketing e o nível de confiança do levantamento é de 95%, com margem de erro de 5%.

COMPARTILHAR