Ferroviários confirmam greve dos trens do subúrbio e alertam usuários

Sindicalistas fizeram distribuição de panfletos nas estações para alertar população sobre a greve (Foto: Divulgação)

A direção do Sindiferro – Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia deflagrou uma ação nas estações eerroviárias do Subúrbio de Salvador, distribuindo panfletos para os usuários dos trens, em alerta sobre a greve do modal suburbano, que está marcada para ocorrer nos dias 4 e 5 de setembro próximos.

Os trabalhadores aprovaram a paralisação, em assembleia realizada no dia 19 de agosto na sede do sindicato, em Salvador.

“Nossa intenção é informar da melhor forma possível a todos os clientes e usuários dos trens, que os ferroviários irão parar por conta da falta de sensibilidade da empresa CTB – Companhia de Transportes do Estado da Bahia, em oferecer, pelo 3º ano seguido, reajuste zero, além da possível demissão em massa de 400 trabalhadores, com o advento do VLT/Monotrilho”, explicou Paulino Moura, coordenador do Sindiferro.

A categoria reivindica o INPC – índice Nacional de Preço ao Consumidor, acumulado no período de 1º de maio de 2017 a 30 de abril de 2018, que foi de 1,69%.

No transcurso das discussões da Pauta de Reivindicações 2018/2019 dos empregados (as) da CTB, o SINDIFERRO realizou diversas assembleias e colheu pedidos da categoria no intuito de sair desse impasse. Contudo, na última rodada, ocorrida no dia 15/08/18, a direção da Companhia negou todas as reivindicações. Segue abaixo os itens aprovados pela classe operária:

COMPARTILHAR